Mais de 9 anos de experiência com clientes em todo o Brasil!

Conhecendo o seu mercado: melhore sua performance com Benchmark

23/12/2020
Conhecendo o seu mercado: melhore sua performance com Benchmark

Vou te fazer uma pergunta e não vale mentir. Em algum momento da vida, você já se comparou com alguém? Um vizinho(a), amigo(a), colega de trabalho ou até mesmo uma celebridade. Eu tenho certeza que a resposta para essa pergunta é ‘sim’.

 

E não é que você, leitor, seja alguém previsível, mas esse é um instinto natural do ser humano. Todo mundo já exerceu a auto comparação em algum momento da vida.

 

Agora, sabendo que essa já é uma ação normal para pessoas comuns, por que uma empresa não faria o mesmo com outras empresas?

 

Vamos falar um pouco mais sobre o assunto para você entender de uma vez por todas por que o benchmarking é uma estratégia indispensável para melhorar a performance da sua empresa e o seu crescimento profissional. Continue a leitura!

 

Me diz: o que é o Benchmark?

Ao pé da letra, ‘benchmark’ significa referência. É nessa estratégia que você buscará empresas - de mesmo nicho ou não -, avaliará o desempenho do concorrente e vai comparar com o seu, sempre de forma crítica.

 

“Ah, mas eu não tenho acesso aos dados analíticos de uma empresa X.”

Não tem problema. A verdade é que muitos não possuem acesso a métricas internas de outras empresas, por isso avaliamos a partir do que temos livre acesso. Engajamento, pesquisas orgânicas do Google ou até mesmo a qualidade de uma resposta institucional em um post do Facebook. Vale tudo, desde que esteja dentro dos limites legais (conquistados de forma lícita), por meio de uma troca de informações e com objetivo exclusivo de aprendizado.

 

Quais são os tipos de benchmarking?

O benchmarking pode ser explorado por imersão (interno), criando uma comparação e análise de desempenho entre setores; ou por observação (externo), analisando as redes sociais, mídias, legendas, interações da empresa ou qualquer outra prática de marketing digital da concorrência.

 

Qual o foco da empresa ou do setor? Qual o desempenho desse departamento? Qual a estratégia? A comunicação é aberta e com foco em foco no Inbound Marketing? Ou trata-se apenas de uma iniciativa de branding? A estratégia funciona? Por quê? Faça a análise de múltiplos perfis para garantir uma variedade de perspectivas de mercado.

 

O benchmarking também pode ter diferentes objetivos. Além do aprendizado, pode ser realizado com intuito:

 

Competitivo: considerando os canais de seu concorrente direto;

Funcional: entre diferentes segmentos, com foco em análise de práticas comuns; ou Genérico: compare empresas de qualquer segmento, foco na obtenção de insights.

 

Quais os benefícios do Benchmark?

O principal objetivo do Benchmark, além de gerar referências, está em direcionar uma empresa em um determinado caminho.

 

Como assim?

É por meio dessa estratégia que o colaborador ou a empresa serão introduzidos nesse mercado, aprendendo com quem já possui mais experiência no assunto. O que funciona? O que não deve ser repetido? Esse estudo gera uma base capaz para melhorar processos e estratégias internas de sua equipe.

Outra das grandes vantagens de se realizar o benchmarking está na geração de insights estratégicos, indispensáveis para empresas ou empreendedores iniciantes. Para poder crescer, é importante entender o mercado, expandir os horizontes e montar um plano estratégico adequado para trilhar este novo caminho.

 

Pronto para fazer o seu próprio Benchmarking? Nós te desafiamos a escolher apenas 5 empresas para começar a explorar esse aprendizado hoje mesmo. Vamos lá?

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..